Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico do Comando Militar do Leste
Início do conteúdo da página

Histórico do Comando Militar do Leste

Acessos: 3242

O Comando Militar do Leste tem sua origem no 1º Comando de Tropas organizado nas plagas cariocas. O Regente Dom João VI criou por Decreto sem número, em 1821, o Comando das Armas da Corte e da Província do Rio de Janeiro, atendendo ao Regulamento do Exército de Portugal.

Estabelecido no Campo de Santana, no período inicial do século XIX, o aquartelamento do Comando de Armas da Corte presenciou importantes passagens da História do Brasil, onde participaram suas tropas subordinadas.

Destacam-se a Aclamação de Dom João VI como Rei de Portugal; a Aclamação de Dom Pedro I, como Imperador do Brasil, já no Brasil independente, o que levou à mudança do nome daquela região de Campo de Santana para o de Campo da Aclamação; e a revolta das tropas que se reuniram no Campo de Santana, ocasionando a abdicação de Dom Pedro I, no dia 7 de abril de 1831.

 

 

Em 1856, o Marechal Luís Alves de Lima e Silva, Duque de Caxias, então Ministro da Guerra, estabeleceu a Ajudância General do Exército, em substituição ao Comando das Armas da Corte e da Província do Rio de Janeiro.

 

 

Reprodução fotográfica da pintura do autor Coronel Veterano Pedro Paulo Cantalice Estigarríbia - Estabelecimento da Ajudância General do Exército no Gabinete de Caxias então Ministro da Guerra

Em 1896, em 24 de outubro, pela Lei n° 403, sancionada pelo Presidente Prudente de Moraes, as tropas estacionadas na Capital Federal e estado do Rio de Janeiro passaram a compor o 4º Distrito Militar. Com os avanços tecnológicos e industriais do século XX, o Decreto nº 7.053 de 1908, desmembra o 4º Distrito Militar, fazendo surgir a VIII Inspetoria Permanente, cuja jurisdição era sobre os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais e a IX Inspetoria Permanente que atua sobre o Distrito Federal.

Em 1915, ocorreu nova remodelação, sendo criadas a 4ª Região Militar, com jurisdição nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e a 5ª Região Militar com responsabilidade sobre o Distrito Federal, cuja sede foi a cidade do Rio de Janeiro.

Em 1919, foi criada a 1ª Divisão de Exército, comando operacional de General de Divisão, que inicialmente foi exercido cumulativamente com o comando territorial da 1ª Região Militar, resultante da fusão das 4ª e 5ª Regiões Militares.

Fotografia Desfile da Força Expedicionária Brasileira (FEB) -1945

Reprodução fotográfica da pintura do autor Coronel Veterano Pedro Paulo Cantalice Estigarríbia - Construção do Palácio Duque de Caxias

A denominação Comando Militar do Leste surge com o Decreto nº 91.779, de 15 de outubro de 1985. Atualmente, cabe ao Comando Militar do Leste o comando das tropas nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, organizado em uma Divisão de Exército, com duas Brigadas de Infantaria; a Brigada de Infantaria Pára-quedista como Grande Unidade diretamente subordinada; dois comandos territoriais, correspondentes às 1ª e 4ª Regiões Militares; e um Grupamento de Engenharia.

registrado em:
Fim do conteúdo da página